Cade investiga denúncia contra Aperam, de aço inoxidável

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) instaurou nesta quarta-feira, 17, processo administrativo para investigar denúncias apresentadas ao órgão antitruste contra a Aperam Inox América do Sul S/A. A decisão está publicada em despacho no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

17 de julho de 2013 | 10h49

A acusação, segundo o Cade, é de que a empresa estaria se valendo de sua posição de monopolista na fabricação de aços inoxidáveis no Brasil para dificultar a importação desses produtos ao País e para discriminar distribuidores concorrentes.

A investigação foi motivada por denúncias feitas pela distribuidora Inox-Tech Comércio de Aços Inoxidáveis e o Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos (Sicetel). "As práticas denunciadas, se comprovadas, podem ser caracterizadas como infrações à ordem econômica conforme a Lei 12.529/11", explica o Cade em nota. A empresa tem 30 dias para apresentar sua defesa.

Tudo o que sabemos sobre:
CadeinvestigaçãoAperam

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.