Cadillac, da GM, abrirá sede em Nova York

Cadillac, da GM, abrirá sede em Nova York

Investida visa reconstruir a imagem da companhia e ampliar seu apelo fora da América do Norte

REUTERS

23 de setembro de 2014 | 11h46

A General Motors anunciou nesta terça-feira que sua marca de luxo Cadillac vai abrir sede em Nova York no ano que vem em investida para reconstruir sua imagem e ampliar seu apelo fora da América do Norte.

O porta-voz da Cadillac David Caldwell disse que a expectativa da empresa é que o escritório que ficará no Soho, em Manhattan, seja inaugurado por volta do segundo trimestre de 2015.

A GM disse que a iniciativa vai estabelecer a marca como uma unidade de negócios separada.

"Com o implacável reposicionamento para cima de sucessivos produtos de última geração da Cadillac, o próximo passo lógico é dar mais liberdade à Cadillac para que cultive a marca em busca de mais crescimento global", disse o presidente da GM, Dan Ammann, em comunicado.

O presidente da Cadillac, Johan de Nysschen, que assumiu a marca em agosto, disse ao Detroit News que a montadora desejava colocar "distância entre a Cadillac e o restante da General Motors".

Caldwell disse que a mudança afetará apenas vendas e marketing, enquanto as equipes de desenvolvimento de produto, design, engenharia e pesquisa e desenvolvimento vão permanecer no mesmo lugar, sendo a maior parte na área de Detroit.

(Por Ben Klayman)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSCADILLACNOVASEDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.