Café: estoque nas cooperativas aumenta 67% em agosto

São Paulo, 16 - O estoque de café beneficiado nas cooperativas brasileiras alcançou 5.788.208 sacas de 60 kg em 31 de agosto. O resultado representa aumento de 66,9% em relação ao mês anterior (3.466.894 sacas). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando os estoques eram de 7.110.005 sacas, houve queda de 18,6%, conforme levantamento divulgado hoje pelo Conselho Nacional do Café (CNC). Segundo o CNC, o recebimento de café nas cooperativas totalizou 3.102.385 sacas em agosto, volume 80,1% superior ao mesmo mês de 2003 (1.722.129 sacas). O volume de café comercializado pelas cooperativas em agosto foi de 781.071 sacas, desempenho 13,3% superior ao de agosto/03 (688.919 sacas). O CNC informa, ainda, que o recebimento acumulado na safra 2004/05 é de 5.686.935 sacas, volume 33,9% superior ao mesmo período da safra anterior 2003/04 (4.244.879 sacas) e 33,6% inferior ao mesmo período da safra colhida em 2002, último de ciclo alto (8.838.512 sacas). Segundo o CNC, após o período de chuvas, que atrasaram a colheita, os trabalhos se normalizaram, proporcionando recuperação dos recebimentos de cafés nas cooperativas. Até o momento, os resultados confirmam as previsões de que a safra atual será inferior à última de ciclo alto, em 2002. Além disso, as lavouras mostram-se degradadas, o que tem preocupado os produtores em relação à próxima colheita, em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.