Café: indústrias nacionais pagam recorde de R$ 8 mil pela saca

São Paulo, 23 - O Consórcio Brasil, composto pelas marcas Café Santa Clara (CE), Café Damasco (PR), Café Bom Dia (MG), Café Toko (MG), Café Pelé (SP) e Café Floresta (SP) pagou R$ 8.001,01, o equivalente a US$ 2.880,00 ao produtor Daltro Noronha Barros, para cada saca de 60 kg de seu lote de 10 sacas, em leilão do 1º Concurso Nacional Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) de Qualidade do Café, do qual participaram somente torrefadoras nacionais. O lote do produto é proveniente da Fazenda Transwal, município de Cristina, em Minas Gerais, e participou do concurso da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), o Cup of Excellence 2004. O segundo colocado, foi produtora Julia de Alcântara Jones, que tem uma área de apenas 3 hectares de café, na Fazenda Divino Espírito Santo, em Piatã, na Bahia. Ela foi selecionada originalmente pelo concurso de Café da Bahia, promovido pela Assocafé. Seu lote foi arrematado por R$ 3.103,03/saca, pela empresa Toko, que produz o Café Toko, em Juiz de Fora (MG). O terceiro colocado, o produtor Cláudio Carneiro Pinto, da Fazenda Grota de São Pedro, em Carmo de Minas, cuja amostra foi também enviada pela BSCA, teve o seu lote comprado pelo Café Pelé, por R$ 2.001,00/saca. Todos estes três finalistas alcançaram preços recordes em concursos nacionais. Para o presidente da ABIC, Guivan Bueno, "o resultado do concurso serve para demonstrar que o café mais valorizado do mundo é brasileiro, foi comprado por torrefadoras nacionais e será industrializado e oferecido para os consumidores brasileiros, dando-lhes a oportunidade de degustar um dos melhores cafés do mundo". Todos os dez lotes do leilão adquiridos pelas torrefadoras constituirão a 1ª Edição Especial dos Melhores Cafés do Brasil, que será lançada ao público em março de 2005, com o apoio da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), que vai estimular a comercialização destes cafés de alta qualidade entre os supermercados associados nos vários estados brasileiros. Apresentados em embalagens variadas, os cafés da Edição Especial serão apresentados com selo adesivo numerado e seqüenciado, com o logotipo da campanha e materiais de identificação para as prateleiras. Será uma edição limitada de 10 mil quilos. Veja a seguir a lista completa dos premiados: 1º Produtor: Daltro Noronha Barros Concurso Regional: BSCA - CUP 2004 Propriedade: Fazenda Transwal - Cristina - MG Preço: R$ 8.001,01/saca, adquirido pelo Consórcio Brasil - Café Santa Clara, Café Damasco, Café Bom Dia, Café Pelé, Café Toko e Café Floresta 2º Produtor: Julia de Alcântara Jones Concurso Regional: 3º Concurso de Qualidade de Cafés da Bahia Propriedade: Fazenda Divino Espírito Santo - Piatã - BA Preço: R$ 3.103,03/saca, adquirido por Café Toko 3º Produtor: Cláudio Carneiro Pinto Concurso Regional: BSCA - CUP 2004 Propriedade: Fazenda Grota São Pedro - Carmo de Minas - MG Preço: R$ 2.001,00/saca, adquirido pela Cia. Cacique de Café Solúvel - Café Pelé. 4º Produtor: Isaias de Souza Silva Concurso: 3º Concurso de Qualidade de Cafés da Bahia Propriedade: Fazenda Goiabeira - Vitória da Conquista-BA. Preço: R$ 1.305,00/saca, adquirido por Nhá Benta Alimentos Ltda. - Café Tiradentes 5º Produtor: José Ismar Mendes Concurso: 3º Concurso de Qualidade de Café de São Paulo Propriedade: Sítio Nossa Senhora Aparecida - Jeriquara Preço: R$ 1.140,00/saca, adquirido por Indústria e Comércio Café Floresta S. A. - Café Floresta 6º Produtor: Frederico Ferraz Khoury Concurso: 3º Concurso de Qualidade de Cafés da Bahia Propriedade: Fazenda Pedra Dourada - Vitória da Conquista-BA Preço: R$ 870,00/saca, adquirido por Café Guidali Ind. Com. Ltda. - Café Guidali 7º Produtor: Antônio Basso Concurso: 3º Concurso de Qualidade de Café de São Paulo. Propriedade: Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Jeriquara-SP Preço: R$ 747,00/saca, adquirido por Cardoso e Nascimento Ind. e Com. Ltda. - Café Letícia 8º Produtor: Leonildo Micalli Jr. Concurso: 3º Concurso de Qualidade de Café de São Paulo Propriedade: Fazenda Candeias - Pedregulho-SP Preço: R$ 627,27/saca, adquirido por Icatril S.A. - Café Cajubá 9º Produtor: Evaristo Batista de Vilas Boas Concurso Regional: BSCA - CUP 2004 Propriedade: Sítio Santa Terezinha - Pedralva - MG Preço: R$ 471,00/saca, adquirido por Moka Trading Ltda. - Café Moka 10º Produtor: Luiz Jordam Concurso Regional: 3º Concurso de Qualidade de Cafés da Bahia Propriedade: Fazenda Estância - Barra do Choça - BA Preço: R$ 447,00 /saca, adquirido por J.R. Com. Exp. Café - Café Livramento

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.