Café: leilão de grãos especiais vai ocorrer pela internet

Café: leilão de grãos especiais vai ocorrer pela internet A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, na sigla em inglês) realizará no dia 20 de julho, pela internet, o leilão dos 10 lotes de cafés especiais finalistas do 3º Concurso de Cafés Naturais do Brasil - Late Harvest, safra 2005/2006. Ao todo, são 263 sacas que serão disputadas por compradores de torrefadoras e de lojas de café de todo o mundo. O vencedor do concurso foi o produtor Roberto Irineu Marinho, da Fazenda Sertãozinho, do município de Botelho, no Sul de Minas, com um lote de 19 sacas de café bourbon. Esse lote obteve nota 88,44 (em uma escala de zero a 10) na etapa do júri internacional, realizada em 20 de maio, em Berna, na Suíça, durante o 5º World Speciality Coffee Conference & Exhibition, promovido pela Specialty Coffee Association of Europe (SCAE). Presidido pelo provador e classificador Sílvio Luís Leite, o júri internacional foi integrado por 20 profissionais de 10 países: Estados Unidos, Itália, França, Finlândia, Grécia, Suíça, Japão, Índia, Noruega e Alemanha. Os cafés naturais são aqueles secos lentamente ao sol, num processo que permite a migração de açúcares da polpa para o grão, resultando em uma bebida mais encorpada, indicada principalmente como base de um blend para expresso. Justamente por causa desta alta qualidade é que o concurso recebeu o nome de ?Late Harvest? - um paralelo com vinhos feitos com uvas num estágio avançado de maturação, que ficam muito mais doces e encorpados. São cafés que, colhidos em média seis meses antes, de acordo com o pico de maturação de cada região, apresentam a partir desta época o seu potencial de qualidade total, já que o processamento natural exige um período maior de repouso dos grãos. Mais informações também no site www.bsca.com.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.