Café: Vietnã deve exportar 800.000 T em 2004/05, diz associação

São Paulo, 18 - O volume de café destinado para a exportação na safra 2004/05 do Vietnã deve se manter praticamente estável em 800.000 t em relação ao ano anterior. A projeção é da Associação de Café do Vietnã (Vicofa, na sigla em inglês). Em setembro, antes do fim da safra 2003/04, a associação estimava que seriam exportadas 850.000 t de café. Mas segundo o presidente da associação Van Thanh Huy, o volume deve ficar estável porque a região Central foi atingida por forte seca que "certamente vai resultar em redução da safra de café neste ano". O ano safra de café no país vai de outubro a setembro. "Nós também estamos nos preparando para uma redução na safra 2005/06 por causa do período de seca que deve se estender até 2005 resultando na morte das plantas e danos à indústria", disse Huy. Segundo ele, o custo de produção aumentou de 15% a 20% com o aumento do preço da gasolina, que os fazendeiros usam para operar as bombas de água. "Se o preço de mercado cair muito, os fazendeiros irão paralisar as vendas até que voltem a subir". Os traders ofereciam hoje café a US$ 570/t FOB no porto de Saigon para entrega em dezembro. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.