Café/Cenário: Nybot pode subir, mas há indicador sobrecomprado

São Paulo, 27 - O fechamento de ontem dos contratos futuros de café na Nybot, de Nova York, é considerado positivo para o mercado. Dezembro avançou 95 pontos (mais 1,3%), cotado a 74,45 cents por libra-peso. A máxima chegou a bater 120 pontos, a 74,70 cents. "O fechamento sugere que nova alta pode ser testada", informa o broker Rodrigo Costa, da Fimat Futures. A resistência é de 75,25 cents e 76,90 cents. Não há consenso, porém, se a puxada de ontem foi consistente, ou apenas uma correção técnica. Estima-se que alguns indicadores técnicos estão sobrecomprados e, por isso, os contratos não estão livres do risco de uma liquidação, observa Costa. Deve-se salientar que há um gap de baixa que ainda não foi preenchido, entre 70,80 cents e 71,30 cents. Costa diz que o mercado físico teve um movimento um pouco melhor nesta semana, depois da alta dos preços na segunda-feira. Ontem, porém, apesar da nova subida, o físico não foi tão agitado. Sem vendas agressivas de origens e de fundos, os futuros puderam experimentar melhores níveis. A expectativa, portanto, é de que fundos voltem a cobrir posição vendida, como ontem. Do total de 9.760 lotes negociados ontem, estima-se que cerca de mil lotes foram compras dos fundos. Se os fundos voltarem a comprar, o mercado ficará ainda mais positivo. Hoje à tarde será divulgado o relatório sobre o posicionamento de traders na Nybot, referente à semana encerrada no dia 24. Estima-se que os fundos podem estar carregando saldo líquido vendido de cerca de 18 mil lotes. No momento, o volume de negócios no mercado futuro de robusta da Bolsa de Londres (Liffe) é considerado satisfatório. Cerca de 7 mil lotes são negociados em spreads. A chamada técnica é inalterada. Setembro sobe 1 ponto, a US$ 657/t. (Tomas Okuda, segue) Os negócios com café no mercado interno foram fracos ontem em termos de volume, apesar do leve reajuste nos preços. A alta dos contratos futuros em Nova York favoreceu o mercado. Segundo um corretor de Santos (SP), três firmas exportadoras mostravam maior interesse pelo produto. Apesar disso, o produtor persiste na estratégia de segurar a produção, vendendo aos poucos pequenos lotes. A disponibilidade de crédito para comercialização e estocagem pode estar favorecendo a iniciativa dos cafeicultores. A colheita está atrasada e estima-se que cerca de 40% da produção total ainda não foi colhida. Cafés extra-finos foram cotados a R$ 210 a saca de 60 kg em Santos. A exportadora Mitsui teria comprado café do sul de Minas a R$ 208 a saca, com 12% de catação. De modo geral, a maioria dos negócios foi fechada entre R$ 200/R$ 205 a saca com, respectivamente, 18% e 13% de catação. No Espírito Santo, o mercado de café conillon continua parado, por causa da ausência de vendedores, segundo um corretor de Vitória. O valor de referência para a saca é de R$ 140, livre ao produtor. (Tomas Okuda, segue) Levantamento preliminar do Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé) mostra que em agosto, até o dia 25, foram embarcadas 1.265.709 sacas de café. O resultado representa queda de 0,90% em relação ao mês anterior (1.277.167 sacas). Do total exportado em agosto, 1.241.007 sacas são de arábica (aumento de 3,88% sobre julho, quando foram embarcadas 1.194.653 sacas) e 24.702 sacas de conillon, com redução de 70,06% sobre o mês anterior (82.514 sacas). Em agosto, até o dia 25, foram emitidos certificados de origem de 1.728.592 sacas, 20,33% a mais do que em julho (1.436.500 sacas). Do total certificado em agosto, 1.649.328 sacas são de arábica (crescimento de 21,66% sobre julho, quando foram emitidos certificados de 1.355.735 sacas) e 79.264 sacas de conillon (redução de 1,86% sobre as 80.765 sacas de julho passado). (Tomas Okuda, segue) Confira a seguir a evolução das cotações do café no mercado futuro e dos preços no mercado físico interno: ----------------------------------------------------------------PREÇOS NO MERCADO INTERNO (em R$ por saca de 60 kg)ARABICA TIPO 6 DURO----------------------------------------------------------------20-ago-04 23-ago-04 24-ago-04 25-ago-04 26-ago-04----------------------------------------------------------------Noroeste PR 185,83 190,56 188,50 190,00 191,89Mogiana 197,94 204,29 203,18 203,25 204,82Sul MG 196,75 203,20 202,21 203,00 203,91Zona/Mata 194,60 203,50 202,00 202,81 203,61Cerrado 198,88 204,38 203,33 203,04 204,86CONILLON TIPO 6Espírito Santo 133,29 135,14 136,04 136,43 136,57----------------------------------------------------------------INDICADOR ESALQ/BM&F (em sacas de 60 kg)----------------------------------------------------------------20-ago-04 23-ago-04 24-ago-04 25-ago-04 26-ago-04----------------------------------------------------------------À Vista R$ 198,24 204,66 203,37 203,37 205,06À Vista US$ 66,84 69,05 68,80 68,80 69,37A Prazo R$ 199,67 206,13 204,84 204,84 206,54----------------------------------------------------------------FUTUROS NA BM&F (em US$ por saca de 60 kg)----------------------------------------------------------------20-ago-04 23-ago-04 24-ago-04 25-ago-04 26-ago-04----------------------------------------------------------------Set/04 76,60 79,45 79,00 79,45 80,30Dez/04 78,80 81,85 81,45 81,90 82,80Mar/05 80,90 83,80 83,90 84,30 85,30Mai/05 81,60 81,60 81,60 87,60 89,50----------------------------------------------------------------FUTUROS NA NYBOT (em cents de dólar por libra-peso)----------------------------------------------------------------20-ago-04 23-ago-04 24-ago-04 25-ago-04 26-ago-04----------------------------------------------------------------Set/04 66,55 69,85 69,45 69,80 70,65Dez/04 70,20 73,45 73,15 73,50 74,45Mar/05 73,40 76,50 76,20 76,55 77,50Mai/05 75,25 78,30 78,00 78,40 79,30Jul/05 76,90 79,95 79,65 80,05 80,90Set/05 78,35 81,45 81,10 81,50 82,35Dez/05 80,95 84,05 83,70 84,10 84,85----------------------------------------------------------------MÁXIMA SET/04 66,15 67,25 68,00 68,90 71,00MÍNIMA SET/04 67,20 70,00 70,20 69,90 69,50----------------------------------------------------------------MÁXIMA DEZ/04 69,80 71,30 71,50 72,55 74,70MÍNIMA DEZ/04 70,80 73,80 73,90 73,75 73,10----------------------------------------------------------------MÁXIMA MAR/05 73,05 74,70 74,70 76,20 77,60MÍNIMA MAR/05 73,95 76,90 76,70 76,75 76,30----------------------------------------------------------------MÁXIMA MAI/05 75,00 76,75 76,40 78,00 79,25MÍNIMA MAI/05 75,50 78,20 78,50 78,50 78,30----------------------------------------------------------------FUTUROS NA LIFFE/LONDRES (em US$ por tonelada)----------------------------------------------------------------20-ago-04 23-ago-04 24-ago-04 25-ago-04 26-ago-04----------------------------------------------------------------Jul/04 669 669 669 669 669Set/04 648 666 657 659 656Nov/04 671 687 681 684 681Jan/05 686 702 696 699 696Mar/05 702 717 711 714 711Mai/05 718 734 726 729 727Jul/05 732 748 740 743 741Nov/05 748 763 755 758 756Jan/06 769 784 776 779 777Mar/06 780 795 787 790 788---------------------------------------------------------------- (Tomas Okuda, fim)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.