Caixa espera crescimento de 28,2% do crédito em 2010

A Caixa Econômica Federal espera um crescimento do crédito de 28,2% para 2010. A instituição prevê ainda ultrapassar os 9% de participação no mercado. Em 2009, a fatia da Caixa foi de 8,8%. "A economia vai crescer forte em 2010, mas sabemos que teremos uma concorrência maior este ano", disse o vice-presidente de Controle e Risco do banco, Marcos Vasconcelos.

ANA PAULA RIBEIRO, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 13h50

No entanto, a projeção deverá ser revista para cima devido ao bom desempenho da área habitacional no início do ano. A expectativa é de que essa modalidade cresça 26,3%, mas o comportamento em 2010 até agora indica que a expansão será maior, o que exigirá uma revisão na projeção para o crédito total. Nos empréstimos para pessoas físicas, a expectativa é de crescimento de 32,2% e, as operações com empresas, de alta de 29,3%.

Captação

A Caixa também pretende realizar em 2010 sua primeira captação de recursos no mercado externo. Os prazos e os volumes ainda não estão definidos, segundo outro vice-presidente do banco, Márcio Percival. "A vontade é fazer já nesse ano, mas não temos experiência nesse mercado, então não sei se é possível realizar no primeiro semestre", disse hoje, durante a divulgação dos resultados de 2009.

De acordo com o executivo, o banco tem conversado com parceiros externos para avaliar a viabilidade da emissão que, para ser efetivada, dependerá dos custos. "Queremos diversificar as nossas fontes de recursos", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
crédito, captação, Caixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.