Caixa preta do avião da Air India é descoberto após acidente

Um gravador de caixa preta do Boeing 737-800 da Air India Express que se acidentou no sul da Índia na semana passada, matando 158 pessoas a bordo, foi recuperada, disse uma autoridade nesta terça-feira.

REUTERS

25 de maio de 2010 | 11h32

A causa do pior desastre aéreo na Índia em mais de uma década ainda é desconhecida.

"Sim, a caixa preta foi encontrada", disse à Reuters Peter Abraham, diretor do aeroporto de Mangalore.

O avião da Air India Express, que pertence à estatal Air India, transportava 166 passageiros e tripulantes, caiu na manhã de sábado ao tentar pousar no aeroporto da cidade de Mangalore, pista de pouso localizada sobre uma plataforma que termina numa encosta.

Oito pessoas sobreviveram, se salvando principalmente pulando para fora do avião que se rompeu em dois depois do impacto.

Embora a causa do acidente ainda não tenha sido estabelecida, a mídia indiana e alguns especialistas de aviação disseram que a pista em Mangalore não era larga o suficiente e pode ter oferecido pouco espaço para o piloto reagir depois do pouso.

O ministro da Aviação Civil, Praful Patel, disse que a pista não deveria ser culpada pelo acidente, acrescentando que a queda em Mangalore deveria ser vista como um acidente isolado.

A Índia já teve alguns incidentes aéreos nos últimos anos, colocando em discussão as questões de segurança da aviação.

(Reportagem de Anil D'Silva)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASINDIACAIXAPRETA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.