Caixa terá fundo de private equity de R$ 1 bi, diz fonte

A Caixa Econômica Federal está nos estágios finais para criar um fundo de private equity com R$ 1 bilhão em capital voltado para investimentos em logística no País, de acordo com uma pessoa próxima às negociações.

Agencia Estado

06 de fevereiro de 2014 | 11h30

Segundo a fonte, o grupo de investidores inclui até agora o fundo de pensão dos funcionários da Caixa e da Petrobras. Também é esperada a participação de outro órgão estatal que administra o fundo do seguro-desemprego no País.

A captação de recursos pode ser concluída ainda este mês e o objetivo é investir em empresas que estão realizando projetos de logística no Brasil e consideraria investimentos em capital, segundo a fonte.

A falta de investimento em infraestrutura é um dos maiores gargalos do País e o governo tem trabalhado para atrair cerca de R$ 100 bilhões em investimentos nos próximos cinco anos para reformular aeroportos, portos e ferrovias.

No final de 2013, o braço de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) comprou uma participação de R$ 1 bilhão na Odebrecht TransPort, uma unidade do grupo que venceu a licitação para operar o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. O BNDESPar detém ainda participações na América Latina Logística (ALL), na Triunfo Participações e Investimentos e na EcoRodovias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Caixaprivate equity

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.