Camaçari, na BA, terá fábrica da Braskem e Styrolution

A Braskem e a alemã Styrolution anunciaram, nesta quinta-feira, 17, que a fábrica de copolímeros de acrilonitrila butadieno estireno (ABS) e estireno-acrilonitrila (SAN) a ser construída pelas duas companhias ficará localizada no polo industrial de Camaçari, na Bahia. O projeto, ainda sujeito à conclusão de uma análise de viabilidade econômica, prevê a produção de 100 mil toneladas anuais dos dois insumos, utilizados na fabricação de automóveis, produtos da linha branca e eletroeletrônicos, embalagens alimentícias e utensílios de cozinha, entre outros itens.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

17 de outubro de 2013 | 12h01

O anúncio da localização da fábrica foi feito durante evento na feira K, o maior encontro mundial da indústria do plástico, realizado na Alemanha. O anúncio também contou com a presença do governador da Bahia, Jaques Wagner. A construção da unidade deve ter início em 2015, com a partida da produção prevista para 2017.

Braskem e Styrolution anunciaram na segunda-feira, 14, a intenção de formação de uma joint venture, a qual terá participação de 70% do grupo alemão e 30% da petroquímica brasileira. O acordo foi formalizado a partir da assinatura de um memorando de entendimento (MOU).

O acerto prevê que a Braskem fornecerá toda a infraestrutura necessária para implementação da fábrica, como utilidades, matéria-prima, entre outros. Entre outros investimentos, a Braskem deve viabilizar os sistemas de tubulação que possibilitarão o abastecimento de insumos à nova fábrica. O valor do projeto é mantido sob sigilo pelas companhias.

Tudo o que sabemos sobre:
CamaçariBraskemStyrolution

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.