Câmara quer ouvir presidente do BB sobre aquisição do Banco Postal

Comissão questiona informações de que operação foi feita pela instituição sem um parecer técnico

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

14 de dezembro de 2011 | 19h15

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou nesta quarta-feira, 14, um convite para que o presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, preste esclarecimentos sobre a aquisição do Banco Postal. O BB venceu a licitação promovida para operar em agências dos Correios, em uma disputa direta contra o Bradesco.

O requerimento para o convite, de autoria do líder tucano, deputado Duarte Nogueira (SP), e do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), questiona informações divulgadas pela revista Época de que a operação realizada pelo Banco do Brasil foi feita sem um parecer técnico externo para dar lastro à decisão, prática que seria comum neste tipo de negócio. A reportagem afirma ainda que o BB teria procurado empresas posteriormente em busca deste parecer.

"As denúncias são graves e dizem respeito diretamente a bens e interesses de relevância nacional. A confirmarem-se os fatos acima indicados pode-se estar diante de infrações gravíssimas a demandar providências enérgicas das autoridades constituídas", diz Leitão.

A Comissão aprovou ainda outro requerimento convidando os membros do conselho de administração da Caixa para falarem sobre a compra de ações do Banco Panamericano e irregularidades no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. As duas audiências não têm data marcada.

Tudo o que sabemos sobre:
bbcomisãobanco postal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.