Camargo Corrêa fica com 94,81% do capital da Cimpor

A brasileira Camargo Corrêa ficou com 94,81% do capital da cimenteira portuguesa Cimpor após a finalização da oferta pública de aquisição (OPA), de acordo com documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de Portugal. O fim da OPA foi anunciado no início da tarde desta quarta-feira, após o fechamento da Euronext Lisbon.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

20 de junho de 2012 | 13h53

O resultado da operação foi conquistado após o fundo de pensões do BCP e Manuel Fino aceitarem vender as suas ações da Cimpor à Camargo pelo valor de 5,50 euros cada. Antes da realização da OPA, a Camargo controlava aproximadamente 33% do capital da cimenteira.

No pregão de hoje, o papel da Cimpor recuou 3,54%.

Tudo o que sabemos sobre:
Camargo CorrêaCimporoferta pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.