Camex decide por aplicar direito antidumping contra tubos de aço da China

A Câmara de Comércio Exterior do Brasil decidiu aplicar pena antidumping contra importações de tubos de aço sem costura da China, em caso aberto no final de julho de 2013 pela francesa Vallourec, única fabricante do produto no país.

REUTERS

30 de outubro de 2014 | 07h23

A pena envolve aplicação de pena de 908,59 dólares por tonelada por até cinco anos, segundo resolução publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira.

Segundo a Camex, "ficou determinada a existência de dumping nas exportações de tubos de aço sem costura provenientes da China para o Brasil, e de dano à indústria doméstica decorrente de tal prática".

Ainda nesta quinta-feira, o órgão também aplicou direito antidumping contra importações de ímãs de ferrite em formato de segmento da China e da Coreia por até seis meses.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAGOVERNOIMPORTACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.