Camex reduz a 2% Imposto de Importação para alguns bens de informática e de capital

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou para 2 por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre diversos bens de informática e telecomunicação e bens de capital, no regime de ex-tarifários, de acordo com resoluções publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

REUTERS

26 de novembro de 2014 | 09h24

No caso dos bens de informática e telecomunicação, foram alvo da decisão da Camex determinadas impressoras jato de tinta para impressão direta em vestuários, módulos de processamento de média capacidade, equipamentos de intercomunicação digital, entre outros. A alíquota de 2 por cento será válida até 31 de dezembro de 2015.

Já entre os bens de capital inclusos na decisão aparecem tanques circulares fabricados em chapas de aço para armazenamento de água potável e motores marítimos de pistão. A nova alíquota vale até 30 de junho de 2016.

O regime de ex-tarifário consiste na redução temporária do Imposto de Importação bens de capital e de informática, quando não houver produção nacional semelhantes.

Para a lista completa de produtos que tiveram tarifa reduzida veja http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=26/11/2014&jornal=1&pagina=9&totalArquivos=112

(Por Priscila Jordão)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASCAMEXALIQUOTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.