Divulgação/Banco BV
Divulgação/Banco BV

Globo revive ‘Dona Lurdes’ para ser garota propaganda do BV

Criada pela agência DM9, que retornou esta semana ao mercado publicitário brasileiro, campanha do banco será a primeira a estrelar uma personagem de novela da Globo que não está mais em exibição

Wesley Gonsalves, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2022 | 05h00

Pela primeira vez, a Rede Globo vai "reviver" a personagem de um folhetim já finalizada para estrelar uma campanha publicitária. A herína da novela “Amor de Mãe”, Dona Lurdes, que foi interpretada por Regina Casé, volta à vida para participar do novo filme do Banco BV

Com criação da agência DM9, que retorna ao mercado publicitário depois de um hiato de quatro anos, o filme fará sua estreia nos intervalos da novela Pantanal e tenta estreitar o relacionamento da instituição financeira com os seus correntistas. “Trazer de volta uma figura icônica que personifica tanto a alma da nação, que trabalha por seus objetivos e tem orgulho de suas conquistas, é uma maneira de criarmos conexão verdadeira e profunda entre o BV as pessoas”, conta, em nota, o co-presidente da agência, Pipo Calazans.

Além de ter que refazer a casa da personagem, a própria atriz Regina Casé precisou ser novamente caracterizada como Dona Lurdes para gravar a sua participação no filme. A gerente de produtos publicitários da Globo, Viviane Ribeiro, conta que a companhia olha para “todos os seus ativos”, incluindo os personagens de produções já finalizadas, como potencial de divulgação para os seus anunciantes. 

A executiva não descarta a possibilidade de “reviver” mais protagonistas em novas ações publicitárias. “No futuro, se tivermos desafios semelhantes, com clientes de diferentes setores, existe sim a possibilidade de vermos outros personagens e histórias da Globo facilitando a conexão emocional e engajando marcas e seus consumidores”, afirma Viviane. 

Depois da estreia no intervalo na novela das 21h, a produção para o Banco BV também será veiculada em outros espaços da emissora, como o site GShow e no serviço de streaming da companhia, o Globo Play, acompanhando o modelo de negócios publicitários da Rede Globo de integrar as campanhas em todas as suas plataformas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.