Canadá tem novo caso suspeito de doença da vaca louca

São Paulo, 30 - A Agência Canadense de Inspeção Alimentar informou hoje ter identificado um caso suspeito de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), doença conhecida por vaca louca. A informação é da Canadian Press. De acordo com a agência, o animal suspeito - uma vaca leiteira - tem dez anos de idade e os vários testes realizados tiveram resultado positivo. Outros exames estão sendo feitos pelo Centro Canadense de Saúde Humana e Animal, de Winnipeg. Os resultados definitivos devem sair de três a cinco dias. A suspeita de contaminação surgiu apenas algumas horas depois de os Estados Unidos terem anunciado a reabertura - em março de 2005 - de seu mercado para as importações de carne bovina e animais vivos do Canadá. Há 19 meses os EUA proibiram a importação desses produtos por conta da descoberta de um animal contaminado na província canadense de Alberta. De acordo com a Canadian Press, o governo americano já foi notificado sobre o novo caso. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

30 de dezembro de 2004 | 12h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.