Carlyle negocia compra de 60% da CVC por US$250 mi, diz fonte

O grupo norte-americano Carlyle pode pagar cerca de 250 milhões de dólares por aproximadamente 60 por cento da CVC Turismo, disse uma fonte a par da situação à Reuters nesta terça-feira.

GUILLERMO PARRA-BERNAL, REUTERS

15 de dezembro de 2009 | 20h23

A CVC, com sede em São Paulo, é controlada pelo empresário Guilherme Paulus, e o Carlyle está em negociação exclusiva com a empresa. De acordo com a fonte, que pediu anonimato, ainda não há um prazo para que a operação seja concluída.

Um porta-voz do Carlyle em Washington recusou-se a comentar o assunto. Representantes da CVC Turismo não foram localizados para falar sobre o tema.

No último dia 2, em visita ao Brasil, David Rubinstein, co-fundador do Carlyle, disse que o grupo está para selar dois ou três negócios no Brasil que poderiam ser de algumas "centenas de milhões de dólares". Na ocasião, ele recusou-se a dar mais detalhes sobre possíveis alvos do Carlyle.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASCVCCARLYLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.