Carrefour afirma que vendas na China pararam de cair

A varejista francesa Carrefour afirmou que as vendas em suas lojas na China pararam de cair nos últimos dois meses e deverão subir em 2013, segundo reportagem do jornal francês Le Figaro, que citou declarações do executivo-chefe da empresa, Georges Plassat.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

27 de novembro de 2012 | 12h01

As vendas do Carrefour na China caíram 5,7% nos nove meses deste ano, com base em um número constante de lojas. Plassat disse ao jornal que a empresa planeja abrir 24 hipermercados na China no próximo ano, depois de ter aberto 21 neste ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CarrefourParis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.