Carrefour deve anunciar nesta 2ª oferta por Guyenne, diz revista

Rede varejista fará uma oferta pública de compra, em vez de realizar troca de ações como previsto antes

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

12 de dezembro de 2011 | 12h31

PARIS - A rede varejista francesa Carrefour deve fazer uma oferta ainda hoje para comprar a operadora de supermercados francesa Guyenne et Gascogne, informou a revista mensal LSA em seu site, sem citar suas fontes. Segundo a revista, em vez de realizar uma oferta pública de troca de ações, como inicialmente planejado, o Carrefour anunciará mais tarde que fará uma oferta pública de compra da operadora.

Na semana passada, o Carrefour confirmou que estava em conversas com a Guyenne et Gascogne sobre uma possível aliança, mas notou que não havia certeza de que as negociações levariam a um acordo.

A Guyenne et Gascogne opera supermercados do Carrefour no sudoeste da França e na Espanha. A operadora tem visto seu lucro cair, conforme o gasto dos consumidores se retrai. A renda do terceiro trimestre da companhia caiu 1,3%, para 127,7 milhões de euros. Já o Carrefour, segunda maior rede varejista do mundo, após o Wal-Mart, enfrenta a queda na demanda e questões estratégicas. A companhia reduziu sua meta de lucro para 2011 em outubro pela segunda vez.

As ações do Carrefour sofreram com a incerteza em relação à estratégica da companhia, caindo cerca de 40% nos últimos 12 meses. Uma porta-voz do Carrefour não quis comentar o tema. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CarrefourGuyenneoferta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.