Carrefour faz proposta para assumir o controle da Guyenne et Gascogne

Acionistas que detêm uma fatia de 57,4% no grupo, que controla supermercados no sudoeste da França, aceitaram vender suas participações

Álvaro Campos, da Agência Estado,

12 de dezembro de 2011 | 17h24

NOVA YORK - A rede varejista Carrefour informou num comunicado que pretende fazer ofertas em dinheiro e em ações pelo controle da Guyenne et Gascogne, que opera supermercados do grupo no sudoeste da França.

Segundo o documento, acionistas da Guyenne et Gascogne que detêm uma fatia de 57,4% na companhia aceitaram vender suas respectivas participações. Parte deles receberia 74,25 euros por cada ação da Guyenne e a outra trocaria cada ação da companhia por 3,9 ações do Carrefour. A troca de ações, no entanto, será limitada à cerca de 5 milhões de ações da Guyenne, de um total de 6,64 milhões de ações.

Metade dos acionistas mencionados pelo Carrefour no comunicado concordou com a proposta de troca de ações.

A oferta deve ficar aberta durante o primeiro trimestre de 2012 e está sujeita a aprovação das autoridades reguladoras. A transação só será efetividade se o Carrefour conseguir pelo menos 56% do capital social da Guyenne.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
carrefourGuyenne et Gascogne

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.