Carrefour troca de comando no Brasil a partir de outubro e agrada Abílio Diniz

Carrefour troca de comando no Brasil a partir de outubro e agrada Abílio Diniz

Diretor-presidente Charles Desmartis renuncia ao cargo no Brasil e será substituído por Noël Prioux a partir do próximo dia 2; em nota, acionista Abílio Diniz diz que mudança é positiva

Marcelle Gutierrez e Danyanne Sousa, O Estado de S.Paulo

22 Setembro 2017 | 09h52

O executivo Charles André Pierre Desmartis renunciou ao cargo de diretor-presidente do Carrefour Brasil. Para sua função, o conselho de administração elegeu Noël Prioux, que assume no dia 2 de outubro. Segundo o fato relevante, enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Desmartis renunciou para "buscar desafios fora do grupo Carrefour".

A eleição de Noël Prioux como presidente ainda depende de concessão de visto pela Coordenação Geral de Imigração do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), cuja previsão é de até 30 dias. No processo transitório, assume Sébastien Durchon, diretor vice-presidente de finanças e de Relações com Investidores.

A mudança agradou o empresário Abílio Diniz, sócio do Correfour. Em nota enviada pela empresa de investimento de Abílio, a Península, o empresário diz que foi consultado sobre a troca. "O CEO do Grupo Carrefour, Alexandre Bompard, anunciou hoje a saída de Charles Desmartis do comando do Carrefour Brasil. Bompard se dedicou a ouvir profundamente todos os membros do Conselho de Administração, inclusive os representantes da Península, e demonstrou agilidade na decisão", diz a nota.

Abilio afirma ainda que Prioux "é um dos melhores quadros do Carrefour e já trabalha há 33 anos na empresa".

"Nós da Península entendemos que a troca no comando no Carrefour Brasil é positiva. Reconhecemos os resultados alcançados por Charles Desmartis à frente da operação brasileira e sua participação no bem-sucedido IPO da empresa", acrescenta Abilio. "Noël Prioux chega ao Carrefour Brasil em um momento de muitos desafios e oportunidades e vai encontrar um time vitorioso à frente de suas mais diversas frentes de negócio, seja no varejo, no atacado ou no banco", conclui.

Carreira. Prioux está no Carrefour desde 1984. Já foi diretor de serviços financeiros do Carrefour S.A. na França, diretor executivo na Turquia, França, Colômbia, sul da Ásia e Espanha.

Na mesma reunião, o conselho também elegeu Frédéric Haffner como membro, em substituição a Vincent Arnaud Xavier Abello, que sai do grupo Carrefour.

"A saída consensual de Desmartis da companhia permitirá uma transição sem rupturas da administração para um sucessor forte e que possui profundo conhecimento das operações de varejo em diversos países, além de vasta experiência em administração de empresas", comentou a empresa, no fato relevante. 

Mais conteúdo sobre:
Carrefour supermercado Varejo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.