Carro elétrico 'popular' tem bateria para ir de São Paulo a Campinas

Carro elétrico 'popular' tem bateria para ir de São Paulo a Campinas

Espécie de triciclo-carro, Arcimoto SRK tem autonomia de 96 km e recarga dura seis horas; idealizador promete que veículo será acessível e funcional

Marília Marasciulo, Especial para o Estado de S. Paulo

10 de novembro de 2014 | 17h52

 

Praticidade de uma motocicleta, estabilidade de um carro e eficiência de veículos elétricos. A combinação destas características deu origem ao Arcimoto SRK, uma espécie de triciclo ao contrário, com duas rodas na frente e uma atrás, criado pelo desenvolvedor de softwares Mark Frohnmayer. 


Com autonomia de 96 km – distância aproximada entre São Paulo capital e Campinas –, tempo de recarga de seis horas (em tomadas de 110 V) e capacidade para dois passageiros, a ideia de Frohnmayer é que o SRK se torne uma alternativa ao carro para percursos curtos, sendo o "primeiro veículo elétrico acessível e funcional para as massas", como ele mesmo afirma.


Embora o preço oficial ainda não tenha sido divulgado, a estimativa é de que fique entre US$ 17.500 e US$ 20 mil. Neste mês, a Arcimoto, empresa baseada no estado de Oregon, nos Estados Unidos, começará a testar o SRK e 15 protótipos devem começar a circular na metade do ano que vem. Após possíveis correções no design, a expectativa de Frohnmayer é de que a produção comece no final de 2016.



“Se pensarmos, a maior parte das famílias possui dois ou três carros na garagem, e utiliza um ou dois para uma pessoa só ir até o supermercado ou para o trabalho. Este seria o carro para isso”, disse Frohnmayer ao site Translogic, especializado em automóveis.



A configuração básica do SRK é como a de um buggy, todo aberto, mas há três opções de carcaças para o fechamento total do veículo. Também há espaço extra que permite a troca da bateria por uma mais moderna, caso seja necessário no futuro.



Outras novidades do SRK são não possuir sistema de GPS ou de som – tudo é substituído por uma conexão para smartphones – e chave, que deu lugar a um pendrive. Se o usuário quiser emprestar o carro para um amigo, por exemplo, poderá transferir o arquivo com o código e a pessoa terá acesso em qualquer lugar.



Segundo o site Translogic, que testou o novo veículo, o SRK tem potencial para mudar a maneira como nos locomovemos. “É confortável, muito estável, tem espaço o suficiente na frente e na cabeça e não é como um carro de golfe, que pode cair ou capotar a qualquer momento”, disse o repórter responsável pelo teste, Bradley Hasemeyer.

 

Outras especificações do SRK:

Velocidade máxima de 120 km/h

Alcança 96 km/h em menos de nove segundos

O pacote da bateria contém 2 mil células de íon-lítio

Comprimento de aproximadamente 3 metros, altura de 1.4 metros e largura de  1.75 no ponto mais largo

Tudo o que sabemos sobre:
Carro elétricoArcimotoinovação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.