Cartões movimentaram R$ 853 bilhões em 2013, diz Abecs

As transações com cartões de crédito tiveram alta de 15,3% em relação a 2012 enquanto as com cartões de débito avançaram 22,5%

Cynthia Decloedt, da Agêncai Estado,

19 de fevereiro de 2014 | 13h34

O volume financeiro de transações com cartões de crédito e débito em 2013 subiu 17,8% frente em 2012, para R$ 853 bilhões, informou a Associação Brasileira das Empresas de Cartões e Serviços (Abecs). As transações com cartões de crédito registraram R$ 553 bilhões em 2013, alta de 15,3% em relação a 2012. As transações com cartões de débito avançaram 22,5% para R$ 300 bilhões.

O presidente da Abecs, Marcelo Noronha, destacou que o número de transações com cartões atingiu recorde no segundo semestre do ano passado.

Ele destacou ainda que do total de RS 853 bilhões das transações financeiras com cartões no ano passado, RS 94 bilhões resultaram de operações não presenciais, a maioria no e-commerce.

De acordo com Noronha, a inclusão digital e financeira responde pelo crescimento das compras por meios eletrônicos, que foi de 19,7% em 2013 frente 2012. Ele espera que as operações não presenciais cresça cerca de 20% em 2014.

Taxa para lojistas. A taxa média de desconto do cartão de crédito cobrado do lojista caiu de 2,78% em 2012 para 2,76% em 2013, enquanto no cartão de débito cedeu de 1,59% para 1,56%, ainda de acordo com a Abecs.

Em 2009, esses percentuais estavam em 2,96% nos cartões de crédito e em 1,60% nos cartões de débito. Noronha observou que o número de terminais de cartões subiu para 3,8 milhões ao fim de 2013, com R$ 19,7 mil transações por terminal ao mês. Em 2012, o número de terminais era de 3,5 milhões, com um volume financeiro transacionado por terminal por mês de R$ 18,2 mil.

Projeções. A Abecs espera que em 2014 o número de transações com cartões de credito e de débito alcance RS 1 trilhão, representando crescimento de 17,1% em relação a 2012.

"A projeção é histórica para o setor e para o Brasil", disse o presidente da Abecs. O crescimento esperado está associado à continua substituição de meios de pagamento por parte dos consumidores e estabelecimentos comerciais.

Tudo o que sabemos sobre:
Abecscartões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.