Casa Branca diz que Obama pode nomear Yellen para o comando do Fed

Bernanke deixará a presidência do Fed em janeiro de 2014

Agência Estado,

19 de setembro de 2013 | 05h14

A Casa Branca sinalizou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pode estar perto de nomear a vice-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, como substituta de Ben Bernanke no comando do BC norte-americano. Bernanke deixará a presidência do Fed em janeiro de 2014.

Funcionários do governo já começaram a discutir o processo de nomeação do próximo presidente do banco central com membros do Senado, disseram pessoas familiarizadas com o assunto. Dois assessores democratas afirmaram que o nome de Yellen surgiu em pelo menos duas dessas conversas. Além disso, um funcionário da Casa Branca confirmou que a vice-presidente do Fed é a favorita para o cargo.

A movimentação dos parlamentares ocorre três dias após o ex-secretário do Tesouro, Lawrence Summers, retirar sua candidatura à presidência do Fed. A expectativa de que Obama esteja perto de anunciar a sua decisão e o favoritismo de Yellen ganharam força depois que Summers anunciou que não concorreria ao cardo no domingo.

O mandato de quatro anos de Bernanke termina em 31 de janeiro de 2014, mas o processo da escolha para o seu substituto começa com antecedência porque a indicação precisa da aprovação do Senado.

No Senado, os democratas tem uma maioria por dois voto. Muitos deles já declararam apoio à Yellen. Os republicanos, porém, se abstiveram de indicar qual seria o candidato escolhido por eles.

Yellen, que é vice-presidente do Fed desde 2010, foi presidente do Comitê de Conselheiros Econômicos da Casa Branca na gestão de Bill Clinton e vice-presidente do Fed de São Francisco. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
FedYellen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.