Casas Bahia e Ponto Frio entram no mercado de móveis planejados

Casas Bahia e Ponto Frio entram no mercado de móveis planejados

Redes da Via Varejo vão oferecer projetos de revitalização de ambientes e móveis fabricados sob encomenda

O Estado de S. Paulo

07 de novembro de 2014 | 13h17

SÃO PAULO - As Casas Bahia e o Pontofrio vão entrar no setor de móveis planejados. A estratégia foi anunciada nesta sexta-feira pela Via Varejo, dona das duas redes de varejo popular.

As redes vão oferecer projetos de revitalização de ambientes e móveis fabricados sob encomenda. Na primeira etapa, duas lojas da Casas Bahia em São Paulo foram reinauguradas com espaço redesenhado para oferecer o novo serviço.

Os consumidores terão novo ambiente de exposição dos móveis, onde os móveis são organizadas em quatro estilos: jovem, contemporânea, romântica e natural.

Em outro espaço haverá móveis planejados, projeto desenvolvido em parceria com a fabricante Unicasa. A loja vai oferecer vendedores treinados para oferecer soluções para todos os ambientes da casa a partir de projetos personalizados. 

O presidente da Via Varejo, Líbano Barroso, afirmou que o objetivo é tornar a rede varejista referência no segmento de móveis no Brasil. "O mercado está em evolução e enxergamos uma grande oportunidade de desenvolvimento", afirmou. "A Via Varejo tem uma indústria bem estruturada, experiência e capilaridade no varejo, além de capacidade de investimento para sermos protagonistas no segmento."

O lançamento foi nas unidades da Casas Bahia em Cidade Dutra, zona Sul de São Paulo, e na unidade de Santo André, no ABC Paulista. Até o fim do ano mais 11 unidades das marcas no Estado de São Paulo também terão o novo serviço. A implantação dos dois projetos em outras unidades da marca será definida após análise de resultados, no primeiro semestre de 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.