Caterpillar tem lucro recorde de US$ 1,23 bi no 1º trimestre

Resultado demonstra elevação das vendas de todos os tipos de máquinas e sistemas de energia, bem como o crescimento das margens 

Gabriela Mello, da Agência Estado,

29 de abril de 2011 | 10h01

O lucro da norte-americana Caterpillar no primeiro trimestre subiu para um patamar recorde de US$ 1,23 bilhão, ou US$ 1,84 por ação, muito acima dos US$ 233 milhões apurados no mesmo intervalo do ano anterior. O resultado demonstra a elevação das vendas de todos os tipos de máquinas e sistemas de energia, bem como o crescimento das margens.

A receita saltou 57% no período, para US$ 12,95 bilhões, enquanto a margem bruta aumentou de 28,5% para 30,1%. Analistas consultados pela Thompson Reuters previam lucro de US$ 1,31 por ação sobre faturamento de US$ 11,69 bilhões.

As ações da Caterpillar subiam 2,83% no pregão eletrônico de Nova York, depois que o resultado superou com folga a expectativa de Wall Street e a companhia elevou a meta de lucro do ano atual para US$ 6,25 a US$ 6,75 por ação, em comparação com US$ 6 por ação anteriormente.

Ainda assim, tal perspectiva foi contida pelo terremoto no Japão em março, que impactou muitos dos fornecedores da empresa. A Caterpillar prevê que o desastre reduza as vendas deste ano em quase US$ 300 milhões e o lucro operacional em US$ 100 milhões.

A companhia, maior fabricante de equipamentos de construção do mundo em termos de vendas, continuou apresentando uma melhoria do desempenho financeiro em meio à contínua evidência de recuperação do setor. No mês passado, o grupo informou que gastará US$ 5 bilhões até 2015 para aumentar a capacidade de produção devido à prolongada demanda mundial por máquinas de construção.

Em novembro, a Caterpillar firmou a aquisição da fabricante de equipamentos de mineração Bucyrus International por US$ 7,6 bilhões, maior compra já feita pela empresa. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Cartepillarlucroaçõesequipamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.