Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

CCR pede para devolver concessão de serviço de barcas no RJ

Contrato atual valeria até 2023; companhia assumiu controle da Barcas em 2012, ao comprar 80% dos papéis da empresa

Reuters

13 Outubro 2015 | 11h44

A Secretaria de Estado de Transportes do Rio de Janeiro (Setrans) informou que recebeu da CCR Barcas, concessionária do grupo CCR que opera o sistema de transporte aquaviário no Estado, pedido de negociação amigável para devolver a concessão, cujo contrato vale até 2023.

A Setrans iniciou processo administrativo junto à Secretaria da Casa Civil e à Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro para avaliar o pedido da CCR, que continuará a realizar a operação até que uma decisão seja tomada. Uma nova licitação pode ser realizada, disse a secretaria.

O grupo CCR assumiu o controle da concessionária Barcas em julho de 2012, com a aquisição de 80% dos papéis da empresa. A concessionária opera seis linhas, oito estações e 24 embarcações. Procurada, a CCR não atendeu a pedido de comentário.

Mais conteúdo sobre:
CCRinfraestrutura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.