CE investiga Banco Português de Negócios

A Comissão Europeia anunciou que abriu uma investigação para avaliar se a proposta de reestruturação do Banco Português de Negócios (BPN) respeita as normas de ajuda estatal determinadas pela União Europeia.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

24 de outubro de 2011 | 16h17

"A análise aprofundada permitirá à Comissão juntar as informações necessárias para garantir que o auxílio concedido ao banco seja limitado ao mínimo necessário em prol da competição justa e dos contribuintes portugueses", disse Joaquín Almunia, o Comissário Europeu para a Concorrência.

O BPN foi estatizado em 2008 e o governo português já tentou vender a instituição financeira duas vezes, sem sucesso. O banco já recebeu mais de 2 bilhões de euros (US$ 2,8 bilhões) dos cofres públicos de Portugal para continuar funcionando. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.