Celesc economiza R$ 24,8 mi em processos homologados

A Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) obteve uma economia de R$ 24,8 milhões no ano com processos licitados e homologados em relação ao que havia sido orçado para 2011. Os motivos para a redução de 15,21% sobre os valores orçados para o exercício são principalmente o aumento da concorrência entre fornecedores e a melhoria nas especificações técnicas, segundo comunicado da empresa enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

LUANA PAVANI, Agencia Estado

13 de dezembro de 2011 | 10h13

O banco de dados da Celesc Distribuição conta com 13.412 fornecedores de mercadorias e serviços cadastrados, dos quais 1.771 novos, ou seja 13,20%, cadastrados ao longo de 2011.

A área financeira foi uma das que apresentou maior diferença entre o valor estimado e o que foi homologado, neste caso de 35,19%, de R$ 8,26 milhões para R$ 5,35 milhões. Em gestão, a variação foi de 16%; na área comercial, 14,4%; técnica, 10,9%; e a rubrica "outros" disparou, com economia de 54%.

Tudo o que sabemos sobre:
Celescprocessoseconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.