Celulose Irani assina protocolo com governo de Minas

A Celulose Irani assinou nesta sexta-feira protocolo de intenções com o governo de Minas Gerais, com o objetivo de viabilizar a expansão da unidade industrial localizada em Santa Luzia (MG). O investimento total estimado é de aproximadamente R$ 220 milhões, com início previsto em 2014 e término em 2017.

FÁTIMA LARANJEIRA, Agencia Estado

21 de março de 2014 | 18h16

Segundo a empresa, o valor a ser investido será aplicado na modernização e ampliação da capacidade de produção da MP 7, passando dos atuais 60.000 ton/ano para 86.400 ton/ano, e também para a construção de uma nova fábrica de embalagens de papelão ondulado com capacidade de produção de 60.000 ton/ano.

"O protocolo confirma o apoio do governo do Estado de Minas Gerais para a implantação dos projetos, resultado do reconhecimento da importância desses empreendimentos para a geração de empregos e para o desenvolvimento socioeconômico do Estado e do País", afirma a empresa em fato relevante.

Tudo o que sabemos sobre:
Celulose IraniMGexpansão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.