Cemig começa a instalar medidor inteligente de energia

A Cemig iniciou a instalação de 3,8 mil medidores inteligentes em unidades consumidoras de Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais, informou nesta segunda-feira (24) a companhia. Ao todo, serão instalados oito mil aparelhos na cidade até o final de 2013.

EQUIPE AE, Agencia Estado

24 de setembro de 2012 | 17h13

A companhia explicou que a nova tecnologia faz parte da infraestrutura de medição do projeto piloto em redes inteligentes de energia denominado Cidades do Futuro. "Com a tecnologia das redes inteligentes, também conhecida como smart grid, o consumidor poderá, por exemplo, gerenciar o consumo de sua energia diariamente", explicou a Cemig.

Nesta fase inicial, será testada a tecnologia de radiofrequência para transmissão de dados e, após a validação da rede de comunicação entre os medidores e os sistemas computacionais da empresa, serão oferecidos aos clientes aplicativos para auxiliá-los no acesso aos dados de consumo de energia no seu dia a dia.

Para o gestor do projeto Cidades do Futuro, Daniel Senna Guimarães, essa fase de implantação será importante para o desenvolvimento da tecnologia de medidores inteligentes. "Para a Cemig, os testes de implantação de infraestrutura de medição nos permitirão obter, além de informações sobre as tecnologias utilizadas, elementos sobre a percepção do consumidor quanto à acessibilidade e utilização de novos serviços propiciados pelas redes inteligentes", comentou, por meio de nota.

A Cemig é uma das primeiras concessionárias do País a testar a tecnologia de medidores inteligentes junto aos consumidores, desde que Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) regularizou sua utilização no País, no mês passado.

Tudo o que sabemos sobre:
Cemigmedidor inteligente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.