CEO da Odebrecht Ambiental diz que empresa planeja IPO em 2015

A Odebrecht Ambiental, empresa de água e esgoto que faz parte do conglomerado Odebrecht, planeja listar algumas de suas ações no próximo ano ou em 2016, disse o presidente-executivo da empresa, o que avaliaria a companhia em torno de 3 bilhões de dólares.

REUTERS

19 de setembro de 2014 | 11h23

O Grupo Odebrecht, maior grupo de engenharia da América Latina, tem 70 por cento da Odebrecht Ambiental e o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS)tem os 30 por cento restantes.

"Estamos planejando um IPO (oferta pública inicial de ações) para 2015, no mais tardar até 2016, dependendo das condições de mercado", disse o presidente-executivo da Odebrecht Ambiental, Fernando Santos-Reis, à Reuters em uma entrevista em Paris nesta sexta-feira.

Ele disse que o Grupo Odebrecht quer manter o controle majoritário e que o FI-FGTS ainda não tinha decidido se venderá parte de suas ações. A Odebrecht Ambiental venderia menos de 49 por cento de suas ações, provavelmente através de um aumento de capital.

No ano passado, o FGTS avaliou a Odebrecht Ambiental em 6,4 bilhões de reais (2,7 bilhões de dólares) em suas contas, o que significaria que um IPO de 25 por cento do capital da empresa - um nível visto frequentemente em listagens iniciais no Brasil - poderia levantar cerca de 700 milhões de dólares.

(Reportagem de Geert De Clercq)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASODEBRECHTAMBIENTALIPO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.