Cervejaria Modelo vai limitar contratos de exclusividade

A Modelo, maior cervejaria do México, anunciou nesta quinta-feira, 11, que fechou um acordo com o órgão antitruste do país para limitar seus contratos de exclusividade com lojas, bares e restaurantes, abrindo mais espaço para as cervejarias artesanais e outros concorrentes.

Agencia Estado

11 de julho de 2013 | 11h48

Em comunicado, a Modelo disse que vai restringir os contratos de exclusividade a não mais que 25% de seus pontos de venda e procurar reduzir esse porcentual para 20% em 2018. A empresa mexicana informou também que permitirá que cervejarias artesanais vendam seus produtos em estabelecimentos onde a Modelo já tenha acordos de exclusividade.

A Comissão Federal de Competição do México ainda não se pronunciou sobre o caso, que teve início após reclamações feitas pela SABMiller, a segunda maior cervejaria do mundo em vendas, e por várias pequenas fabricantes de cerveja mexicanas.

Hoje, o mercado mexicano é dominado pela Modelo, uma unidade da Anheuser-Busch InBev, com participação de 58%, e a Cerveceria Cuauhtémoc Moctezuma, da Heineken, que comanda uma fatia de 41%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Modeloexclusividadelimitação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.