Chávez e Kirchner assinam convênio entre petrolíferas

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, assinaram na terça-feira um convênio das respectivas petrolíferas, PDVSA e YPF, para permitir a associação entre as estatais com o objetivo de "otimizar os projetos que estejam em andamento nos dois países e o desenvolvimento de novos projetos por meio da elaboração de um plano estratégico de cooperação energética".

RAFAEL MORAES MOURA, Agencia Estado

31 de julho de 2012 | 18h56

Das ações previstas, estão a incorporação da estatal venezuelana em projetos de exploração de petróleo na Argentina e a elaboração de uma carteira de projetos para conseguir financiamentos conjuntos de curto, médio e longo prazos. O convênio prevê ainda a participação da PDVSA em projetos de expansão da área petroquímica e transferência tecnológica.

O convênio foi assinado em cerimônia na Embaixada da Argentina em Brasília, após evento da Cúpula do Mercosul.

Tudo o que sabemos sobre:
petrolíferasChávezKirchnerconvênio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.