Chefe da Thyssenkrupp na América do Norte deixa o cargo

A ThyssenKrupp informou que Torsten Gessner deixou o cargo de presidente-executivo de seu negócio na América do Norte nesta sexta-feira e será substituído por Patrick Bass, da unidade de elevadores.

REUTERS

10 de outubro de 2014 | 09h33

Bass, atualmente no comando de pesquisa e desenvolvimento da ThyssenKrupp Elevator na Alemanha, assumirá como CEO da América do Norte em 1o de janeiro de 2015, disse a empresa, sendo que o conselheiro geral para a América do Norte, Kevin Backus, assumirá como interino até lá.

A Thyssen não disse porque a mudança de gestão estava ocorrendo e não retornou imediatamente os pedidos para comentar o assunto.

A ThyssenKrupp tentou por mais de um ano e meio vender sua unidade deficitária Stell Americas antes de se decidir pela venda de sua fábrica nos Estados Unidos no ano passado.

(Reportagem de Georgina Prodhan)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASTHYSSENCHEFE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.