Chilena Falabella compra controle da Dicico por R$ 388 milhões

Varejista terá 50,1% das ações da empresa de materiais de construção, que opera 57 lojas no Estado de São Paulo e obteve receita de R$ 789 milhões em 2012

Reuters,

27 de maio de 2013 | 21h30

A varejista Falabella informou nesta segunda-feira, 27, ter chegado a um acordo para comprar o controle da empresa de materiais de construção e reforma Dicico no Brasil, marcando a entrada do grupo chileno no maior mercado consumidor da região.

A companhia, que tem operações na Argentina, na Colômbia e no Peru, além do Chile, detalhou que comprará 50,1% das ações da Construdecor - proprietária da Dicico - por um total de R$ 388 milhões.

A Dicico opera 57 lojas no Estado de São Paulo, com uma área de vendas de 118 mil metros quadrados e receitas que chegaram a R$ 789 milhões em 2012.

"Isso dá um novo impulso ao nosso crescimento regional, nos permitindo entrar no principal mercado da América Latina através de uma cadeia de material de construção com forte presença na região de São Paulo, junto a um sócio com ampla experiência e conhecimento local", disse em um comunicado o gerente-geral corporativo da Falabella, Sandro Solari.

Para assumir o controle da Construdecor, a Falabella vai desembolsar R$ 319 milhões no próximo aumento de capital da companhia brasileira, ao passo que a diferença será por ações atualmente existentes. A aquisição deverá ser financiada em parte por fundos próprios e em parte com recursos bancários. A operação deve ser concluída até 30 de junho. 

Tudo o que sabemos sobre:
FalabellaDicico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.