China encontra fungicida em soja argentina

São Paulo - A China encontrou, pela primeira vez, vestígios de fungicida em carga de soja proveniente da Argentina no porto de Huangpu. A informação foi divulgada nesta quarta-feira na agência de notícias estatal Xinhua News. De acordo com a matéria, as substâncias químicas encontradas no grão foram identificadas como carboxin e captan, fungicidas usados para o tratamento das sementes e que são conhecidas por serem nocivas à saúde humana e de animais. O governo não anunciou a quantidade de fungicida encontrada, mas a autoridade local do Ministério da Quarentena informou que o valor da carga é de US$ 16,88 milhões, de acordo com a Xinhua News. O braço do ministério da Quarentena em Huangpu já finalizou a análise da carga de soja argentina e deve queimar o grão contaminado com o fungicida para prevenir a entrada do produto no mercado chinês, informou a agência. A China importa os grãos para esmagamento e produção de óleos comestíveis, farelo e ração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.