Chinesa Jinchuan Group compra a canadense Continental Minerals por US$ 421 milhões

Aquisição marca o último passo numa série de compras da China no setor de mineração mundial

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

17 de setembro de 2010 | 15h22

A Jinchuan Group, maior produtora de níquel e cobalto da China, fechou acordo para comprar a mineradora canadense Continental Minerals por cerca de 432 milhões de dólares canadenses (US$ 421 milhões), marcando o último passo numa série de compras da China no setor de mineração mundial.

A Jinchuan, que controla 12% da Continental, vai comprar cerca de 166 milhões de ações da empresa canadense que ainda não possui por 2,60 dólares canadenses, cada. O valor representa um prêmio de cerca de 18% sobre o preço médio de comercialização dos papéis da companhia nos últimos 30 dias.

A Continental Minerals está desenvolvendo atualmente o depósito de cobre e ouro de Xietongmen, no Tibete.

O conselho administrativo da empresa canadense, que recomendou aos seus acionistas que aprovassem o negócio, propôs que fosse incluída no acordo uma distribuição especial em dinheiro de até 10 centavos de dólares canadenses por ação da companhia, imediatamente após sua conclusão.

A Continental concedeu à Jinchuan o direito de cobrir ofertas de compras não solicitadas. O acordo prevê também o pagamento de uma multa de 13,4 milhões de dólares canadenses por quebra de contrato em determinadas circunstâncias.

A conclusão do negócio está sujeita à regulamentação e aprovação de acionistas e outras condições. A Continental deverá se reunir com seus acionistas para discutir o negócio em novembro.

A Jinchuan é uma companhia integrada, que opera nos setores de mineração, concentração, metalurgia e engenharia química. As informações são da Dow Jones.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.