Chinesa Sinopec vai comprar ativos da matriz no exterior

A China Petroleum & Chemical Corp (Sinopec), maior refinaria da Ásia em termos de capacidade, informou nesta segunda-feira que vai comprar de sua matriz, o Grupo Sinopec, alguns ativos de exploração e produção de petróleo e gás no exterior. O Grupo Sinopec possui ativos de petróleo e gás no Brasil, Canadá, EUA e Austrália.

RENAN CARREIRA, Agencia Estado

27 de agosto de 2012 | 12h09

A compra ocorre após a matriz reestruturar os ativos e avaliar seus valores, como parte de um plano para garantir reservas de hidrocarbonetos e diversificar seus negócios a fim de diminuir o efeito dos voláteis preços do petróleo.

A companhia listada em Hong Kong e Xangai vai precisar garantir financiamento externo para comprar os ativos do Grupo Sinopec, disse Fu Chengyu, presidente das duas empresas. Ele não deu um prazo ou mais detalhes sobre as compras planejadas.

A Sinopec divulgou no domingo um lucro de 24,50 bilhões de yuans (US$ 3,85 bilhões) no primeiro semestre, uma queda de 41% ante os 41,17 bilhões de yuans registrados no mesmo período do ano passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Sinopeccompra ativosexterior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.