Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Chineses concluem compra de divisão da Dow no País

Além de sementes, áreas visadas pelo Citic Agri incluem genética animal e produtos veterinários, como vacinas e produtos de proteção de culturas, diz gerente-geral do fundo

O Estado de S.Paulo

02 Dezembro 2017 | 05h00

O fundo chinês Citic Agri anunciou nesta sexta-feira, 1, a conclusão da aquisição, por US$ 1,1 bilhão, da unidade de sementes de milho da Dow Chemical no Brasil, que passa a se chamar LP Sementes e pode ser uma plataforma para futuras compras no país e na América Latina.

O fundo tem ainda cerca de US$ 2,65 bilhões disponíveis para possíveis aquisições, disse à Reuters o gerente-geral do Citic Agri, Shi Liang.

Executivos do fundo chinês, parcialmente controlado pelo conglomerado chinês Citic, e de sua subsidiária de sementes, a Yuan LongPing High-tech Agriculture, que irá gerir o novo negócio no Brasil, realizaram uma coletiva de imprensa em Ribeirão Preto (SP). O acordo com a Dow foi fechado em julho.

Além de sementes, Shi disse que as áreas visadas pelo fundo incluem genética animal e produtos veterinários, como vacinas e produtos de proteção de culturas. Mas ainda não há negociações. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Dow Chemical agricultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.