Chrysler tem prejuízo de US$ 199 mi no 4º trimestre

Montadora norte-americana administrada pela Fiat espera ser lucrativa em 2011 com abertura de capital

Reuters,

31 de janeiro de 2011 | 10h57

A Chrysler, montadora de veículos norte-americana administrada pela Fiat, divulgou nesta segunda-feira, 31, prejuízo líquido de US$ 199 milhões relativo ao quarto trimestre, mas espera ser lucrativa em 2011, ano em que espera abrir seu capital.

A companhia, que deixou um programa de ajuda do governo norte-americano em meados de 2009, teve receita de US$ 10,76 bilhões no quarto trimestre, ligeira queda ante o terceiro por causa de vendas mais baixas para frotistas. A empresa teve lucro operacional de US$ 198 milhões, excluindo despesas com juros.

A montadora pretende fazer uma oferta pública inicial de ações durante o segundo semestre deste ano. O presidente-executivo, Sergio Marchionne, tem afirmado que a Chrysler precisa divulgar "alguns" trimestres de lucro líquido antes de fazer um IPO.

A Chrysler estima lucro líquido entre US$ 200 milhões e US$ 500 milhões para 2011. A previsão de receita é de salto de quase um terço, para US$ 55 bilhões.

(Por Deppa Seetharaman)

Tudo o que sabemos sobre:
FiatChryslerlucroprejuízomontadora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.