Cielo foi a ação mais rentável em 2011, diz Economática

Segundo levantamento da consultoria, o papel da Cielo subiu mais de 50% no ano; HRT Petróleo e Gafisa lideraram as perdas

Economia & Negócios,

27 de dezembro de 2011 | 11h38

Entre as 20 ações mais rentáveis no ano, o papel ON da Cielo, com rentabilidade de 51,1%, apareceu no topo do ranking. A conclusão é de um levantamento da consultoria Economática com 1280 ações negociadas nas bolsas da América Latina.

A Cielo é seguida de perto pela ação da empresa Fomento Econômico do México do México com rentabilidade de 50,7%. Na terceira colocação encontramos a Redecard, com 46,2% de retorno no ano.

A Economática destaca 82 ações com volume financeiro médio diário em 2011 superior a US$ 10 milhões. Nesse grupo temos 65 ações brasileiras, 10 do México, cinco do Chile e duas da Colômbia.

Queda

Entre as ações que deram prejuízo aos investidores, lidera a queda a HRT Petróleo ON (-64,6%), seguida pela também brasileira Gafisa ON (-63,3%). Entre as 20 ações com maiores perdas encontramos somente duas empresas que não são negociadas na Bovespa, uma da Colômbia Pacific Rubiales Energy Corp e a Cemex do México.

As rentabilidades foram calculadas no ano de 2011 até o dia 26 de dezembro na moeda que cada País.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.