Cielo tem lucro líquido de R$ 440 mi no 1º trimestre

Resultado no período representa uma alta de 32,12% em relação ao mesmo trimestre de 2009

29 de abril de 2010 | 10h34

A credenciadora de cartões Cielo (ex-VisaNet) registrou no primeiro trimestre de 2010 lucro líquido de R$ 440,213 milhões, o que representa uma alta de 32,12% em relação ao mesmo período de 2009. No 1ºtri10, a receita líquida ajustada, adicionando-se a receita proveniente das operações de antecipação de recebíveis, alcançou 1,020 bilhão, ante R$ 813,3 milhões do 1ºtri09, ou seja, um avanço de 25,4%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciação) foi de R$ 646,6 milhões no 1ºtri10, 25,3% maior que o de R$ 516,2 milhões do mesmo período do ano anterior. Já no critério ajustado, antes do resultado financeiro excetuando ganhos nas operações de antecipação de recebíveis, o Ebitda atingiu R$ 713,6 milhões, alta de 32,6% na mesma comparação. A margem Ebitda ajustada cresceu para 70,0%, de 66,2% no 1ºtri09.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 79,697 milhões, 89,3% superior à do 1ºtri09, que era de R$ 42,1 milhões. Excluindo-se a operação de antecipação de recebíveis, o resultado financeiro caiu 37,1%, para R$ 12,7 milhões no trimestre findo em 31 de março de 2010, de acordo com explicações da administração no relatório de resultados. 

Tudo o que sabemos sobre:
CieloVisaNetlucroresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.