Citros: governo anuncia R$ 2,5 Mi para MSC e apoio contra Greening

Ribeirão Preto, 27 - O diretor do Departamento de Defesa e Inspeção Vegetal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Girabis Ramos, anunciou hoje, durante reunião do conselho do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), em Araraquara (SP), que o governo federal irá liberar R$ 2,5 milhões para o combate à Morte Súbita dos Citros (MSC) e prometeu apoio oficial a qualquer ação que seja deliberada pelo órgão no combate ao Greening. A verba para a MSC deve ser liberada ainda em setembro e, segundo o secretário-geral do Fundecitrus, Nelson Gimenes Fernandes, será utilizada em uma varredura completa nos pomares da região Norte do Estado de São Paulo a partir de outubro. A região centraliza a maioria dos casos de MSC, doença presente ainda no Noroeste de São Paulo e Triângulo Mineiro. "Além da MSC, o representante do governo mostrou que o Ministério da Agricultura está muito preocupado com o Greening, dará firme apoio a qualquer ação tomada pelo conselho do Fundecitrus, desde que tenha base legal", disse Fernandes. Os conselheiros do Fundecitrus, no entanto, ainda não chegaram a uma decisão sobre as ações a serem tomadas contra o Greening e mantiveram apenas os conselhos para que sejam utilizadas mudas certificadas de citros, eliminadas as plantas doentes e feito controle químico do vetor, um pequeno inseto chamado de Diaphorina citri. Ainda de acordo com Fernandes, há problemas para que seja proposta uma legislação na qual as plantas com Greening fossem obrigatoriamente erradicadas. Uma nova reunião deliberativa do Fundecitrus não foi marcada. (Gustavo Porto)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.