CMSE eleva para 5% risco de déficit de energia no Sudeste em 2015

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) elevou para 5 por cento o risco de déficit de energia em 2015 no Sudeste e Centro-Oeste do país, atingindo assim o risco máximo tolerável no sistema.

REUTERS

05 de novembro de 2014 | 16h48

No mês passado, o CMSE estimava esse risco em 4,7 por cento.

(Por Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIACMSESUDESTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.