Coca-Cola compra operações de engarrafadora por US$ 12 bilhões

Acordo poderá acirrar disputa com a principal concorrente da fabricante, a PepsiCo

Marcílio Souza, da Agência Estado,

25 de fevereiro de 2010 | 13h29

A Coca-Cola concordou em comprar as operações da Coca-Cola Enterprises na América do Norte em um acordo de aproximadamente US$ 12 bilhões que pode provocar grandes mudanças na forma como a companhia distribui suas bebidas e preparar a fabricante para uma concorrência mais acirrada com a concorrente PepsiCo.

 

Os acionistas da Coca-Cola Enterprises (CCE) vão trocar cada ação que possuem por US$ 10 em dinheiro e uma ação numa nova CCE, focada apenas na Europa. O acordo inclui também a assunção de dívida de US$ 8,88 bilhões pela Coca-Cola e de todos os ativos e passivos da CCE na América do Norte. A Coca-Cola possui atualmente uma fatia de 34% na Coca-Cola Enterprises.

 

Como parte do acordo, a Coca-Cola Enterprises concordou em princípio em comprar as operações de engarrafamento da Coca-Cola na Noruega e Suécia por US$ 822 milhões e em adquirir uma fatia de 83% em suas operações de engarrafamento na Alemanha num futuro próximo.

 

A transação, que deverá ser concluída no quarto trimestre, desfaz uma estratégia perseguida há décadas pela Coke: a formação de engarrafadoras grandes e independentes. Isso funcionou bem quando os consumidores bebiam mais refrigerante nos anos 1980 e 1990. Mudanças no setor fizeram com que a Coke mudasse seu foco para produtos de nicho e não gaseificados.

 

O anúncio também vem num momento em que a PepsiCo está prestes a concluir a compra de suas duas maiores engarrafadoras. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.