Coca-Cola negocia compra da Monster Beverage

A Coca-Cola está negociando a aquisição da Monster Beverage, uma transação que, se concretizada, ajudará a maior fabricante mundial de refrigerantes a expandir sua presença no crescente mercado de bebidas energéticas, disseram fontes. A eventual aquisição da Monster Beverage, com capitalização de mercado de mais de US$ 11 bilhões, seria a maior compra de uma marca já efetuada pela Coca-Cola.

RICARDO GOZZI, Agencia Estado

30 de abril de 2012 | 15h06

A Monster vem registrando crescimento recorde. As vendas brutas da empresa no quarto trimestre de 2011 aumentaram 28% em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a US$ 467,3 milhões. Para 2012, analistas projetam aumento de 17% na receita, que no acumulado do ano passado ficou em US$ 1,7 bilhão.

Em contrapartida, a aquisição da Monster é vista como um investimento caro, já que o preço das ações da fabricante de energéticos quase dobrou no ano passado. Segundo fontes, o fato de a capitalização de mercado da empresa superar em quase 30 vezes os lucros obtidos em 2012 pode vir a ser considerado um empecilho pela Coca-Cola.

Nem a Coca-Cola nem a Monster pronunciaram-se oficialmente sobre o assunto. Às 14h49, as ações da Coca-Cola eram cotadas a US$ 76,08 na bolsa de valores de Nova York, em queda de 0,72%. No Nasdaq, as ações da Monster subiam 14,07%, cotadas a US$ 74,75. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coca-ColaMonsteraquisição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.