Coca-Cola tem lucro de US$1,5 bi no 1o tri, acima do esperado

A Coca-Cola divulgou nestaquarta-feira lucro acima do esperado para o primeiro trimestre,com o dólar fraco impulsionando as vendas internacionais eajudando a maior fabricante mundial de bebidas a compensarefeito de enfraquecimento da economia dos Estados Unidos. A empresa afirmou que seu lucro líquido no primeirotrimestre subiu para 1,5 bilhão de dólares, ou 0,64 dólar poração, contra 1,26 bilhão de dólares, ou 0,54 dólar por ação umano antes. Excluindo-se 0,03 dólar em encargos por restruturação ebaixas contábeis em ativos, a companhia afirmou que lucrou 0,67dólar por ação, acima da média de previsões de analistas, de0,63 dólar, segundo a Reuters Estimates. A receita líquida operacional para o trimestre findo em 28de março subiu 21 por cento, para 7,38 bilhões de dólares,acima da expectativa média de 6,9 bilhões de dólares deanalistas. O crescimento foi apoiado, entre outros fatores, naalta nas vendas de bebidas concentradas. O dólar fraco aumentou o valor das vendas internacionais emeuros e outras moedas quando são convertidos para a moedanorte-americana no momento de inclusão na receita da empresa. As unidades internacionais da Coca-Cola, especialmente emmercados emergentes como China, Índia, Brasil e Turquia, têmganhado importância entre os investidores nos últimos anos àmedida em que o crescimento desacelera em mercados maduros comoa América do Norte. O volume de vendas de bebidas carbonatadas, que incluem aCoca-Cola, Sprite e Fanta, subiu 3 por cento. O volume devendas de bebidas não carbonatadas, como a água Dasani e o sucode laranja Minute Maid, subiu 17 por cento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.