Colheita de café no Paraná alcança 55% da produção estimada

São Paulo, 3 - A colheita de café no Paraná está avançada, alcançando 55% da produção prevista, conforme o mais recente relatório do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Agricultura do Estado. A safra paranaense está estimada em 1,85 milhão de sacas de 60 kg, em comparação com 2,3 milhões de sacas no ano passado.A queda ocorreu, em grande parte, por causa da característica de bianualidade da cultura (safras grandes são seguidas de safras pequenas). A área total no Estado está estimada em 107 mil hectares, com área produtiva de 100 mil hectares.Conforme o Deral, o custo da colheita está mais alto este ano do que em 2006, por causa do aumento verificado na remuneração da mão-de-obra rural. Em maio de 2007 ocorreu a maioria dos dissídios da categoria, aliada à maior concorrência de trabalhadores volantes com a colheita da cana. Atualmente, os valores pagos variam entre R$ 5,75 e R$ 8,49 a saca de 60 kg na roça, ante a média de R$ 5,48 pago no mesmo período do ano passado.As cotações do café estão estáveis no Paraná, com mercado calmo e produtor retendo as vendas à espera de melhores preços. Os atuais preços variam de R$ 220 a 235,00 a saca de 60 kg de melhor qualidade.

Equipe AE

15 de julho de 2007 | 13h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.